top of page
0   jonathan pe cacilda.JPG

Movimento Missão Belém

familia Belem missao .png

A Missão Belém é um Movimento Religioso católico, iniciado em 2005 pelo Padre Gianpietro Carraro e pela Irmã Cacilda Da Silva Leste, na Arquidiocese de São Paulo. Em 2010, foi erigido a Associação privada de fiéis pelo Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer.

Os membros do Movimento se propõem a reviver o Mistério de Belém: Jesus que nasce pobre no meio dos pobres, para os pobres, numa mísera gruta, acolhido com carinho por Maria e José.

A Missão Belém se consagra ao serviço dos pobres marginalizados nas periferias humanas (de qualquer continente e realidade). Eles são acolhidos nas residências familiares e privadas dos membros do Movimento, onde são acompanhados, assistidos e ajudados de forma totalmente gratuita, e recebem não somente o alimento material e os cuidados físicos necessários, mas sobretudo o novo sentido da vida. A eles é oferecida uma experiência espiritual, pautada na intensa vivência do Evangelho e na oração, capaz de libertá-los dos vícios e transtornos psíquicos que frequentemente os aprisionam.

 

Dessa forma se realizam as palavras de Jesus: “Os pobres são evangelizados”! E, a partir deles, se irradia a evangelização ao mundo. Por isso, amamos comparar a Missão Belém a uma grande roda, que gira ao redor dos pobres, irradiando a luz dos pobres, restaurados pela luz do Evangelho. Os mais de 150 mil acolhimentos de pessoas que estavam em situação de rua realizados pelo Movimento nesses anos confirmam os frutos dessa metodologia da Fé.

Aprovação de Autoridades

Dom_Odilo_Scherer missao belem.jpg

Arcebispo de São Paulo

Cardeal Dom Odilo

“A Missão Belém tem a missão profética de tocar a consciência da sociedade”.

missao belem depoimento.jpg

Delegado de Polícia
Dr. Osmani

“Fiquei impressionado. O que eu estou vendo aqui é uma maravilha”.

malheiros missao belem_edited.jpg

Desembargador
Antônio Carlos Malheiros

“A Missão Belém realiza o Bem Comum com plenitude”.

eloisa-arruda missao belem.jpeg

Secretária de Justiça de SP
Eloisa Arruda

“Padre, estou pedindo a ajuda de Jesus Cristo, porque sem isso nós não vamos conseguir”.

vidal-serrano- missao belem.jpg

Procurador de Justiça
Vidal Serrano

“O espaço da Missão Belém é perfeitamente adequado”.

Joao-Doria-SP missao belem_edited.jpg

Prefeito de São Paulo
João Dória

“Aqui temos um movimento que faz”.

vitores maximiano missao belem.jpg

Secretário Nacional SENAD
Dr. Vitore Maximiniano

“Uma comunidade como essa oferece algo que o Estado não pode oferecer”.

frei huns missao belem_edited.jpg

Fundador da Fazenda

da Esperança
Frei Hans

“É uma das poucas obras que acolhe homens e mulheres de rua em qualquer hora e situação.

logo sp .jpeg

Inocência Missão Belém, mortes Jarinu

Investigação conclui que Missão Belém não
é responsável por mortes em Jarinu (SP)
”.

2010 foto CIDADANO PAULISTANO.png

Pe Gianpietro Carraro, recebe o título de Cidadão Paulistano:

um reconhecimento para toda a Missão Belém.

medalha-sao-paulo-apostolo-20150514_0.jpg

Pe Gianpietro Carraro, recebe medalha de São paulo Apóstolo, 

A arquidioce de São Paulo concede a Medalha de São Paulo Apóstolo, na categoria "Inovação na metodologia pastoral" 

images.jpg

PRESIDENTE DA REPUBLICA ITALIANA

o Presidente da República Italiana Sergio Mattarella concedeu a Pe Gianpietro Carraro, a honorificência de Cavaleiro da Ordem da Estrela da Itália," 

Nossas Ações

casa acolhida missao belem.jpeg

Acolhida-restauração da população de rua em residências familiares

Os membros do Movimento que acolhem em suas casas os “irmãos” que saem da rua são cerca de 200. Cada um recebe em sua residência cerca de 10-15 “irmãos de rua” e cuida deles, oferecendo, sobretudo, a experiência de Fé e o calor de uma acolhida familiar. Nesses quase 20 anos, foram realizados 150.000 acolhimentos, totalizando 8 milhões de diárias. 

doentes missão belem.jpeg

Acolhida permanente a pobres doentes crônicos egressos da rua

Entre as pessoas acolhidas, cerca de 700 são doentes crônicos, psiquiátricos e físicos, que, logicamente, fazem um percurso diferente e permanecem, de maneira estável, nas residências dos membros do movimento, até a morte.

Eles se tornam verdadeiros membros da família até o fim.

Missões de rua realizadas de forma ininterrupta

Ininterruptas missões de rua, realizadas nesses quase 20 anos de vida da Missão, criaram um grande entrosamento com a população de rua de São Paulo e das cidades onde a Missão Belém opera. Hoje, todo dia, cerca de 50 novos irmãos em situação de rua procuram espontaneamente a Missão, em busca de Restauração.

pastoral de rua missão belem.jpg

Grupos de

Evangelização

A experiência espiritual vivida nas Casas da Missão se irradia no mundo através de retiros e percursos de Fé, que envolvem milhares de pessoas, de crianças de poucos anos até adultos e famílias. Essas experiências são chamadas: “Ajarai” (para crianças); “Efata” (para adolescentes); “Jé-Shuá” (para jovens); "Ruah" (para adultos); “Caná” (para casais). Recentemente, o Vaticano expressou sua apreciação para este trabalho.

evangelização missão belém.jpg
missão belém missão haiti.jpg

Missão no Haiti 

Iniciou em 2010, poucos meses depois do terremoto, pelo convite explícito do Cardeal de São Paulo, Dom Odilo Pedro Scherer. Hoje, na capital Port au Prince, numa favela que surge em cima de um lixão, temos um Centro-escola que acolhe mais de 2.500 crianças-adolescentes 8 horas por dia, oferecendo instrução, alimentação, cuidados médicos, sobretudo uma intensa experiência de Fé. Está em construção, também, um pequeno hospital.

missão belem.jpg
Missao Belém.png

Nossa Família é composta por:

600 “Membros de Vida”

Pessoas que se entregam com todas as suas forças na vivência do Carisma “Belém”, compreendendo Missionários Consagrados (“Imolados”); “Irmãos restaurados”, que saíram da rua e hoje se dedicam à acolhida do povo de rua; “Raios de luz”, que vivem na sociedade, exercem sua profissão e irradiam o carisma através dos “percursos kerigmáticos” externos. O último grupo “de vida” é constituídos pelos “Amigos”, que dedicam voluntariamente grande parte do seu dia à assistência dos pobres que a Missão acolhe.

7.000 “Membros da Aliança”

Consideramos “membros” do Movimento Missão Belém também todos os irmãos acolhidos nas nossas casas, assim como as crianças-adolescentes acolhidos no Haiti e em outras missões, porque fazem realmente parte da nossa família. É isso que distingue a Missão de uma obra assistencial. A eles se acrescentam todos os que acompanham a Missão nos Grupos de Evangelização Ajarai, Efata, Jé Shuá, Ruah, Caná... 

 

10.000 Membros que sustentam a Missão e vivem sua espiritualidade

Pessoas que apoiam os Membros de vida com doações e serviço voluntário, vivenciando, em suas realidades, o Carisma “Belém”. 

Nossa família

FAMILIA
DSCF0544 com borda ia.jpg
bottom of page